Contar sua história tem método e vai te ajudar a passar em qualquer entrevista de estágio.

Tempo de leitura: 3 minutos

Uma entrevista de emprego é uma experiência que pode trazer nervosismo e impaciência. Todos desejam ocupar a vaga ofertada e até se perdem nas diversas formas de mostrar quem é a melhor opção para determinada empresa. Muitos preferem ensaiar um discurso na frente do espelho, outros preferem escrever em tópicos e decorar o discurso, sem deixar que o nervosismo atrapalhe.

Neste texto, você vai conhecer um método chamado storytelling e como ele pode ajudar você, universitário, a se destacar em uma entrevista de estágio. Boa leitura!

O que é storytelling?

Esse método, tão antigo em nossa sociedade, pode te ajudar a identificar as suas principais características, que poderão contribuir para a tão sonhada vaga. O storytelling consiste em criar e organizar uma boa história, que contenha uma construção criativa e objetiva, deixando claras as suas intenções, qualidades e finalidades para com a vaga ofertada.

Se você é universitário, saiba que você tem muita história para contar. A sua escolha do curso, o mercado de trabalho que você procura, as experiências que teve na faculdade. Tudo pode contribuir para uma boa história, na qual o empregador pode identificar os pontos positivos e identificá-lo como um candidato com potencial para o mercado.

Mas vamos por partes. Se você acha que utilizar o storytelling em uma entrevista de emprego é fazer um resumo da sua vida, está muito enganado. O termo te oferece uma forma de organizar o seu discurso, considerando as possíveis perguntas que irão surgir durante a entrevista, e como respondê-las de forma clara e objetiva.

Os principais cuidados na hora de usar o storytelling

Uma vaga de estágio, geralmente, será direcionada para pessoas que estejam abertas para aprender e crescer com a empresa. Então, características como “comunicativo”, “curioso” e “pró-ativo” serão muito bem avaliadas pelo empregador. Agora, você universitário deve estar se perguntando, “Como vou criar uma história com essas qualidades? Vou ter que mentir?”. Não, o storytelling não precisa ser um bicho de sete cabeças, vamos com calma!

Quando se pensa em história para uma entrevista de estágio, você deve tirar da cabeça o senso comum de que toda história é uma ficção, que precisa começar com o famoso “Era uma vez”. A história para a entrevista de emprego vai ser como um roteiro, um método de elaborar o seu planejamento de como se portar diante do empregador, suas perguntas e a empresa como um todo.

Pesquise, pergunte, conheça tudo o que puder sobre o seu futuro local de trabalho. Depois disso, faça uma análise interna e entenda quais características suas conversam com os valores e objetivos da empresa. Se a empresa investe em pesquisas, por exemplo, e você já possui experiências com artigos científicos, isso pode ser um ponto positivo.

O storytelling pode ser o seu guia durante toda a entrevista do emprego. Esse método vai te ajudar a criar um diálogo com o empregador, de maneira a destacar todas as suas qualidades, conhecimentos da empresa e como aplicá-los na vaga desejada. Ter o conhecimento de todos esses pontos pode te passar confiança e conteúdo na hora da entrevista, afastando o famoso “deu branco”, causado pelo nervosismo.

A estratégia tem o potencial de organizar os seus objetivos e potencializar suas qualidades. Ao construir uma boa história, o sucesso profissional pode estar cada vez mais perto!